Icesp participa da 45ª edição do Ganepão

Nos dias 13 a 15 de junho, colaboradores do Instituto do Câncer estiveram presentes no Ganepão 2024, o maior congresso de nutrição da América Latina. Em sua 45ª edição e sob o tema “Nutrição 5.0: inovação, tendência e tecnologia”, o evento reuniu renomados profissionais para troca de atividades científicas, didáticas e práticas.

Participaram do evento: o coordenador médico da oncologia cirúrgica do Icesp, Prof. Dr. Ulysses Ribeiro Júnior; o médico assistente do grupo de ginecologia da oncologia clínica Dr. Elias Abdo Filho; a chefe da nutrologia da equipe multiprofissional de terapia nutricional (EMTN), Sabrina Segatto; a coordenadora de nutrição e administrativa da equipe multiprofissional de terapia nutricional (EMTN), Gislaine Ozório; a coordenadora do serviço de nutrição e dietética, Lia Ribeiro; a médica nutróloga Bianca Mayumi Watanabe; a coordenadora do ambulatório da reabilitação, Maira Grizzo Canettieri; e a fisioterapeuta Marcela Cardoso Dias.  

Além de ministrarem aulas e participarem de discussões, os colaboradores também realizaram uma miniconferência e uma mesa para debater um caso clínico, que teve como mediador o Prof. Dr. Ulysses Ribeiro Júnior. Eles discutiram sobre o controle metabólico e nutricional do câncer de estômago, com uma abordagem multidisciplinar integrando diversos aspectos do tratamento.

Outro destaque foi a Oficina de Culinária Terapêutica, realizada pela Gislaine Ozório e Lia Ribeiro, que produziram a receita de energy ball, um bombom com uva passa e castanhas, que oferece energia, fibras, proteínas e facilita o funcionamento do intestino. O objetivo foi apresentar receitas que proporcionam alívio aos sintomas do tratamento do câncer e como a alimentação pode ajudar na qualidade de vida dos pacientes oncológicos. 

Para o Prof. Dr. Ulysses Ribeiro Júnior, a presença da equipe do Icesp em eventos como este é muito importante e, é uma maneira de mostrar os diferenciais que o Instituto proporciona à população. ”Nós somos uma das poucas instituições que oferecem gratuitamente a nutrição enteral ou via oral para nossos pacientes, no pré-operatório e no pós-operatório e, isto faz total diferença no tratamento”, comenta o coordenador médico da oncologia cirúrgica do Icesp.  

Gislaine Ozório também fala da presença das equipes no Ganepão. “Nós sempre estamos neste evento e é sempre muito importante estarmos presentes para divulgarmos o trabalho realizado no Icesp no tratamento com os pacientes”, finaliza a coordenadora de nutrição e administrativa da equipe multiprofissional de terapia nutricional (EMTN) do Icesp.

Aconteceu no Icesp

A279 - Julho Verde 2024 - tumb
Instituto do Câncer promove campanha Julho Verde na Avenida Paulista para a conscientização sobre o câncer de cabeça e pescoço
Cotidiano II- 2
Icesp participa do Gastrão, evento de gastroenterologia de grande destaque nacional
Abre 2
Instituto do Câncer é destaque no Congresso Brasileiro de Patologia
thumb site
Inscrições abertas: Mestrado Profissional em Inovação e Avaliação de Tecnologias em Cancerologia
cotidiano 2 (1)
Profissionais do Icesp apresentam trabalhos em Congresso Americano de Urologia
abre (2)
Icesp participa da 45ª edição do Ganepão
Capa Semanal 24 de junho
Icesp inicia pesquisa sobre o Programa de Tratamento da Trombose Associada ao Câncer
240607 - Dia Mundial do Meio Ambiente (38)
Dia Mundial do Meio Ambiente: Icesp realiza atividades especiais
ensino e pesquisa (2)
Especialização em Nutrição em Oncologia abre inscrições

É o tratamento que utiliza iodo radioativo (Iodo-131) para o controle dos carcinomas diferenciados da glândula tireoide.

O objetivo é combater às células cancerígenas que ainda restaram na tireoide após a cirurgia (tireoidectomia) ou metástases, sendo destruídas através da radiação emitida pelo iodo.

Os pacientes recebem orientação para realização de uma dieta pobre em iodo, no período que antecede a internação, através do nutricionista ambulatorial. Evitam o consumo de sal iodado, sal marinho e alimentos salgados, pois são fontes de iodo.

O que você deve fazer:

• Enxágue a boca com água pura antes das refeições ou faça bochechos com chá de camomila antes das refeições.
• Experimente balas azedas e/ou ácidas ou gotas de limão (30 gotas em 1 copo de 200ml) ou gelatina de limão (caso não apresente feridas na boca).
• Use temperos naturais em maior quantidade, como: manjericão, orégano, salsinha, hortelã, alecrim, coentro, por exemplo.
• Substitua os talheres de metal pelos de plástico, caso sinta sabor residual metálico.
• Mantenha boa higiene bucal.

O que você deve evitar:

• Consumir alimentos muito quentes ou muito gelados.

O que você deve fazer:

• Preparar sua refeição na consistência que for mais bem tolerada, que ofereça menor dificuldade para mastigar ou engolir, podendo variar entre branda, pastosa ou líquida (conforme avaliação da fonoaudióloga).
• Tomar pequenos goles de água ou suco durante as refeições podem ajudar a engolir.
• Faça as refeições em pequenas quantidades, várias vezes ao dia.

O que você deve fazer:

• Consuma alimentos macios e pastosos.
• Prefira alimentos gelados ou à temperatura ambiente.
• Se necessário, utilize alimentos líquidos ou liquidificados.

O que você deve evitar:

• Alimentos ácidos, picantes ou muito salgados.
• Alimentos muito quentes.

O que você deve fazer:

• Prepare as refeições com caldos ou molhos. 
• Se não houver feridas na boca, chupe balas azedas e/ou ácidas, picolés ou gelo e mastigue chicletes (de preferência sabor menta), que podem ajudar a produzir mais saliva.
• Consumir líquidos em abundância: chás, sucos diluídos e, principalmente, água.

O que você deve evitar:

• Comer alimentos secos.

O que você deve fazer:

• Consuma líquidos em abundância (chás, sucos diluídos e principalmente água).
• Prefira frutas laxativas: ameixa, laranja, mamão, abacate, ameixa seca, manga, banana nanica.
• Consuma as frutas com casca e bagaço, quando possível.
• Consuma preferencialmente hortaliças cruas (legumes e verduras).
• Consuma farelo de cereais (arroz, aveia ou trigo).
• Consuma produtos integrais (arroz, pães e torradas).
• Consuma leguminosas regularmente (ervilha, feijão, grão de bico, lentilha, soja, por exemplo).
• Consuma leite e derivados: iogurte, leite fermentado, mingau de aveia.

O que você deve evitar:

• Alimentos constipantes, como ricota fresca, queijo branco, sagu, tapioca, maisena, banana prata, banana maçã, pera, goiaba e maçã sem casca e sem sementes, caju.

O que você deve fazer:

• Consuma líquidos em abundância: chás, sucos coados e principalmente água.
• Procure ingerir alimentos como batatas, chuchu, cenoura cozida, aipim, inhame, cará, creme de arroz, arroz, macarrão com molho caseiro coado, farinhas, torradas, biscoito água e sal ou de maisena, carnes grelhadas (frango, peixe ou boi).
• Prefira sucos de frutas coados: limonada, caju, maçã e laranja sem açúcar.
• Prefira leite de soja.
• Consuma as frutas: banana-maçã, maçã e pera sem casca, goiaba sem casca e semente, caju.
• Consuma apenas o caldo de leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, grão de bico). 

O que você deve evitar:

• Leite e derivados. 
• Alimentos gordurosos (manteiga, toucinho, banha, creme de leite, por exemplo).
• Frutas cruas em geral.
• Frutas e sementes oleaginosas (abacate, coco, nozes, amêndoas, amendoim, castanhas). 
• Condimentos picantes (páprica, pimenta, mostarda, ketchup, por exemplo).
• Conservas em geral (picles, azeitona, palmito, aspargos, milho e ervilha).
• Embutidos (salsicha, linguiça, presunto, salame, mortadela, por exemplo). 
• Leguminosas (feijão, ervilha, lentilha, grão de bico).
• Hortaliças cruas: legumes e verduras folhosas.
• Alimentos que causam flatulência (gases), como couve-flor, brócolis, repolho e ovo.

O que você deve fazer:

• Prefira alimentos gelados ou em temperatura ambiente.
• Faça pequenas refeições em menor intervalo de tempo.
• Coma devagar e mastigue bem os alimentos.
• Beba sucos ou chupe gelo ou picolé de frutas cítricas, como limão (se não estiver com feridas na boca) nos intervalos das refeições.
• Realize suas refeições em lugares bem arejados.

O que você deve evitar:

•Frituras e alimentos gordurosos.
•Doces concentrados, como compotas, goiabada, marmelada.
•Condimentos fortes (pimenta, ketchup, mostarda, molho inglês, por exemplo).
•Deitar-se após as refeições.
•Ficar próximo à cozinha durante o preparo das refeições. 

Banco Santander 033

Agência 0201

Conta Corrente 13-005061-5

Fundação Faculdade de Medicina/ICESP

CNPJ 56.577.059/0006-06

Pular para o conteúdo
Faça a sua doação