Uma Cultura de Segurança pode ser definida como um conjunto de valores, percepções, competências e comportamentos que determinam atitudes, engajamento e compromisso com as boas práticas estabelecidas pela instituição. 

Ela estabelece aos profissionais de saúde responsabilidade pela sua própria segurança, de seus colegas, pacientes e familiares, encoraja e recompensa a identificação e a resolução dos problemas relacionados à segurança, promove o aprendizado organizacional a partir da ocorrência de incidentes, prioriza a segurança e proporciona recursos, estrutura e responsabilidades para a manutenção efetiva da mesma em longo prazo.

O Icesp avalia anualmente a Cultura de Segurança através do HSOPSC – Hospital Survey On Patient Safety Culture, ferramenta elaborada pela AHRQ – Agency for Heathcare Research and Quality dos EUA, traduzida para o português. O questionário facilita a compreensão das percepções dos funcionários quanto à segurança do paciente na Instituição, a identificação das áreas cujas características da Cultura de Segurança apresentam fragilidades, a avaliação da efetividade de ações implementadas ao longo do tempo, a comparação de dados internos e externos à instituição e a priorização de esforços voltados ao fortalecimento da mesma.

 

INSTITUTO DO CÂNCER DO ESTADO DE SÃO PAULO

Av. Dr. Arnaldo, 251 - Cerqueira César - São Paulo - SP
CEP: 01246-000 | Tel.11 3893-2000