O que é leucemia? 

A leucemia é uma doença que atinge os glóbulos brancos (leucócitos). Ela tem como característica o acúmulo de células doentes na medula óssea, podendo prejudicar a produção das demais células sanguíneas. 

Como é feito o diagnóstico? 

A suspeita do diagnóstico pode ocorrer através de alterações de exames de sangue, principalmente o hemograma. Para confirmar o diagnóstico, devem ser realizados exames como o aspirado (mielograma), imunofenotipagem ou biópsia de medula óssea e análise citogenética. Avaliação clínica e o uso de exames de imagens (como tomografias) também podem ser úteis para o diagnóstico e acompanhamento do tratamento.

Como é o tratamento? 

Com o objetivo de fazer com que a medula volte a produzir células normais, o tratamento é feito em etapas de quimioterapia. Em alguns casos, é indicado o transplante de medula óssea e a radioterapia em casos selecionados.

Quais são os sintomas?

O paciente pode apresentar fraqueza, febre ou suores noturnos, perda de peso, falta de ar, anemia, dores nos ossos, sangramentos e hematomas, que surgem sem motivo aparente. Esses sintomas podem surgir em semanas ou mesmo em com meses de duração. Também pode apresentar inchaço indolor na região do pescoço e das axilas. Caso a doença atinja o Sistema Nervoso Central (SNC), podem surgir dores de cabeça, náuseas, vômitos, visão dupla e desorientação.

Como prevenir?

A leucemia pode ser causada por fatores genéticos, ou pelo uso de algumas substâncias como o tabaco. A exposição à radiação também está associado à doença.

 

INSTITUTO DO CÂNCER DO ESTADO DE SÃO PAULO

Av. Dr. Arnaldo, 251 - Cerqueira César - São Paulo - SP
CEP: 01246-000 | Tel.11 3893-2000